terça-feira, 12 de maio de 2009

Cotas, contra ou a favor?

Todo mundo sabe que a forma de avaliação do vestibular esse ano mudou. Aqui em Pernambuco a única universidade (que eu sei) que não atribui ao novo sistema foi a UPE , mais só por esse ano. E com isso o novo sistema de cotas, também mudou.

Antes, as cotas iam para negros, índios ou para pessoas que estudaram em escolas publicas. Para negros e índios, eu sou, fui e continuarei sendo contra, pois acredito que com uma cota para essas raças mencionadas, estão "contribuindo" para o preconceito, pois subtende-se que são raças inferiores, que exprimem pobreza, coisa que não é! Sobre as cotas para escola pública, eu até aceito, pois o ensino público do Brasil não é um dos melhores, e com isso diminuem as chances de alguém que estudou em escola pública, com quem estudou em escola particular. Não que isso seja um fato propriamente dito, pois quem quer, não depende só de professor, e de ensino, corre atrás de seus objetivos para que eles se concretizem. Prova disso é o menino de Jaboatão dos Guararapes, que estudou a vida toda em escola pública e passou em primeiro lugar em medicina (sem cursinho).

E onde eu quero chegar?

Que sou a favor da retirada de cotas para negros e índios e sou contra as cotas divididas meio, a meio (50%) para alunos de escola pública e privada, pois nem todos os alunos de escola publica querem prestar vestibular, o que faz com que, as vagas para alunos de escola particular fiquem concorridíssimas.

Para ser sincera, cotas deveriam ser para pessoas que não tem condições de pagar uma universidade, pessoas realmente humildes, pois muitos alunos de escola particular, irão mudar para escola pública para que diminua a concorrência e possa entrar no novo sistema de cotas. Por isso aqui vai o meu apelo, para que algum reitor de alguma universidade, tenha essa idéia "genial" e tente mudar essa questão!

Vitória.

5 comentários:

Augusto Bentinho disse...

as cotas p/ alunos de raças diferentes realmente não tem sentido existir. quanto aos alunos de escola publica, também sou contra, o correto seria tentar igualar ao maximo o ensino publico do particular, para todos (eu disse TODOS), analisando: se o ensino publico é ruim, e metade das vagas é reservada a esses alunos com ensino inferior, o que serão numa universidade? (claro que existem exceções)..
mas tudo isso é balela, eu sou uma testemunha ocular disso, quase metade das pessoas da minha sala, ou são negros, ou vieram de escola publica (e olhe que no vestibular que fiz, não haviam NADA DE COTAS). talvez, desnecessário isso seja, de fato. ou estou errado ...

Amanda disse...

Concordo com o que vc disse. Sou contra às cotas por raça.
Mas sou a favor das detinadas aos estudantes do ensino público, porque há muita gente estudando em faculdades públicas que teria dinheiro suficiente pra bancar uma particular.
Estou tomando as vagas de quem realmente precisa delas. ¬¬

Amanda disse...

Estão*
xD

ϟ Camila S. ¬ disse...

eu sou totalmente contraa!

Camila disse...

concordo com o que vocÊ disse ..

tipo eu estudo em escola particular,e não meus pais não tem dinehiroo - kkkk'
o concurso de bolsas foi aminha salvação .. o ensino das escolas publicas aqui onde moro é uma merdaa .-.
e tipo eu ainda to no 2º e muitos dos meus amigos que estão prestando ou já prestaram vertibular falam que as cotas para que estuda em escola particular é muito concorrida por serem poucas, e nem todo mundo que estuda em escola particular tem dinehiro pra paga uma facul particular ..
por isso tbm achoo que as cotas deveriam ser para pessoas que não tem condições de pagar uma universidade

:D'