quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

...O poema de Charles Chaplin, e meu ponto de vista.

'Já perdoei erros quase imperdoáveis, tentei substituir pessoas insubstituíveis e esquecer pessoas inesquecíveis. Já fiz coisas por impulso, já me decepcionei com pessoas quando nunca pensei me decepcionar, mas também decepcionei alguém. Já abracei pra proteger, já dei risada quando não podia, fiz amigos eternos, amei e fui amado, mas também já fui rejeitado, fui amado e não amei. Já gritei e pulei de tanta felicidade, já vivi de amor e fiz juras eternas, 'quebrei a cara' muitas vezes! Já chorei ouvindo música e vendo fotos, já liguei só pra escutar uma voz, me apaixonei por um sorriso, já pensei que fosse morrer de tanta saudade e tive medo de perder alguém especial (e acabei perdendo)! Mas vivi! *E ainda vivo! Não passo pela vida... Bom mesmo é ir a luta com determinação, abraçar a vida e viver com paixão, perder com classe e vencer com ousadia, porque o mundo pertence a quem se atreve e a vida é muito para ser insignificante..'

Note, que as partes em negrito, são as que mais me leem, as que mais parece comigo. Acho que com todos..! Vamos aos detalhes: -

  • Já perdooei muitas 'sacanagens' que alguns amigos meus fizeram comigo. E acabei quebrando a cara depois, mais perdooei, isso é o que importa.
  • Esqueci pessoas inesqueciveis, e no momento estou tentando esquecer uma pessoa, nem tanto inesquecivel.. E TO CONSEGUINDO!! \o/
  • Recentemente me decepcionei com algumas pessoas, que eu nunca imaginei me decepcionar, novamente quebrei a cara! Mais novamente acabei perdoando
  • Já dei muita risada quando nao pudia, [essa frase é minha e ninguem tasca] (66' Essa ai é Lei da Vivi aqui, sou Rainha de Dar risada quando nao pode!
  • Essa parte do Fui amado e não amei, não concordo muito mais marquei por via das duvidas!
  • Já chorei muitas vezes ouvindo uma musica e ouvindo fotos, principalmente quando me mudei pra cá pra Petrolina, sofri um bucado! Mais hoje ja superei! ;)
  • Liguei siim, só pra escutar uma vooz, e quando o dito cujo, ou dita cuja.. atendia o telefone eu desligava [ passado negro]
  • Eu tenho medo de morrer de tanta saudade, nooooossa, tem algumas situaçoes que eu acho que meu coraçãozinho não vai aguentar de tanta saudade de amigos, familiares...
  • Tive medo tambem de perder alguem especial. A parte do "e acabei perdendo" marquei porque as vezes a gente acaba perdendo amizades por bobagens, infantilidade e coisa e tal, ja aconteceu algumas vezes!

Enfim, O ultimo paragrafo eu nao marquei porque, não sei se alguem percebeu, mais tá lá no cabeçalho do meu blog.

Então é a parte dele que eu mais gosto ;]

Beijo Gente! Vou ver se proxima semana eu dou as preliminares do resultado do mini-concurso, só pra vocês terem uma ideia ;)

Kisses

[Note que esse post foi um enchimento de linguiça, foi só pra enfiar bufa em cordão, só pra não ficar aquele post deprê aqui]

Gente, não se esqueçam do Mini-concurso aqui no blog, Quem quiser saber dele, vai lá em baixo que tem um "baner" la. Se não encontrar, o que eu acho muito dificil, deixa um comentario que eu respondo no teu blog :]

3 comentários:

Prie disse...

aii esse poema é lindo e a pura verdade da vida... Acho que todas ou quase todas as pessoas já passaram por essas coisas. Beijão se cuida

Ana Martins disse...

Olá... que lindo o poema!
´... tem um meme pra vc lá no meu blog.
E boa sorte lá na minha promoção...rsrsrs
Bjos

Cyndy disse...

Acho que todos se identificam com essa poesia, né? Todo mundo sofre, todo mundo ri, chora, faz besteira.. é a vida! XD

Bjo!